menu
Topo
Verônica Laino

Verônica Laino

Categorias

Histórico

5 erros que você provavelmente está cometendo ao fazer o Suco Verde

Verônica Laino

27/02/2018 04h20

Créditos: iStock

Quem nunca tomou um suco verde ou detox enquanto tentava perder uns quilinhos. Mas será que ele realmente é um aliado a nossa dieta ou está te engordando?

O suco verde pode ser uma boa saída para acrescentar mais nutrientes à dieta e, com isso, melhorar sintomas como fadiga, inchaço e indisposição. Além disso, ainda ajuda no bom funcionamento do intestino, fazendo com que a pessoa não se sinta mais estufada na região abdominal e, muitas vezes, até melhora os sintomas de dores de cabeça.

No entanto, se você colocar os ingredientes errados dentro do seu suco verde ele pode, sim, te engordar! Então, preste atenção nos 5 erros a seguir que podem estar engordando seu suco verde:

1 – Adoçar o suco: açúcar de mesa, açúcar refinado, açúcar cristal, açúcar demerara, açúcar mascavo e açúcar orgânico não podem ser adicionados ao suco. Nem um pouquinho. Se você acha que o suco ficou com um sabor muito amargo ou azedo, não adianta colocar açúcar para tentar adoçá-lo, pois esse é um carboidrato refinado, com alto índice glicêmico e que deve ser evitado durante o processo de emagrecimento. Nesta fase, é preferível não ingerir o suco do que adicionar açúcar.

2 – Sucos industrializados: os sucos de caixinha (mesmo os integrais e sem açúcar) e as bebidas vegetais à base de soja possuem alta concentração de carboidrato e, como a ideia é emagrecer, devemos reduzir o consumo de carboidrato das nossas refeições, sendo assim, utilize apenas água para bater seu suco.

3 – Frutas em excesso: o ideal é fazer seu suco com apenas uma porção de fruta. Então, se já utilizou uma maçã, você não deve acrescentar um fatia de abacaxi nem bater o suco com água de coco ou suco de laranja. A ideia do suco é fazer com que você ingira legumes e verduras e não uma salada de frutas em um copo. Lembre-se que frutas são fontes de carboidrato, em excesso ela pode, sim, te levar ao ganho de peso.

4 – Guardar na geladeira: a grande vantagem do suco verde é consumir um monte de nutriente em apenas um copo. No entanto, quando você faz o suco para consumir em outro momento, mesmo que guarde ele na geladeira, uma grande parte dos nutrientes acabam se perdendo. Por isso, o ideal é fazer e consumir logo em seguida. Para facilitar a sua vida, você pode congelar os ingredientes sem batê-los, por exemplo, colocando em um saquinho 10 uvas sem caroço, 1 rodela grossa de gengibre, uma folha de couve (sem o talo central) e 1 colher de sopa de semente de chia. Assim, ao acordar é só pegar o saquinho do freezer, colocar o conteúdo no liquidificador e bater.

5 – Acrescentar seu suco em uma refeição: se o intuito é emagrecer, não adianta incluir o suco verde no café da manhã, pois desta forma você estará acrescentando ainda mais comida na sua refeição. Se você quer consumir o suco verde, ele deve entrar no lugar de algum item do seu café da manhã. Por exemplo, no seu café da manhã você consome duas fatias de pão, a partir de agora você vai consumir apenas uma fatia e introduzir a bebida. Percebe que fizemos uma troca saudável? Trocamos uma fatia de pão por um suco verde.

Como você tem feito seu suco verde? Escreva nos comentários a combinação de ingredientes que você mais gosta.

Sobre o autor

Verônica Laino é formada em Nutrição pela USP (Universidade de São Paulo), pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva Funcional e coach de emagrecimento. Trabalhou em clínica particular por sete anos e hoje dedica seu tempo aos seus coachees e à produção de conteúdo online, mídias sociais e eventos, como forma de alcançar cada vez mais pessoas e ajudá-las a levar uma vida prática, saudável, balanceada e gostosa.

Sobre o blog

Dicas sobre nutrição, com foco na alimentação de verdade (e sem radicalismo), que vão te ajudar a fazer alterações concretas no seu estilo de vida. A ideia é que você alcance o seu verdadeiro potencial e atinja sua melhor versão.