menu
Topo
Verônica Laino

Verônica Laino

Categorias

Histórico

Aprenda a fazer um pesto brasileiro, com castanhas e salsinha

Verônica Laino

07/08/2018 04h00

Créditos: Verônica Laino

Você já ouviu falar de molho pesto? É uma receita clássica italiana com origem em Gênova, a palavra "pesto", vem do verbo italiano "pestare", que literalmente quer dizer amassar, moer ou triturar. A primeira receita oficial de pesto foi registrada em 1865 pelo Chef Giovanni Battista Ratto e levava alho, manjericão, parmesão, pinoles e azeite, tudo bem triturado, formando uma pasta.

Mas hoje eu vou mostrar como dar uma cara bem brasileira para este molho, com produtos fáceis de serem encontrados no supermercado. Você pode utilizar para acompanhar um macarrão, temperar a salada, incrementar um frango e até comer com pão, como se fosse um patê. Essa receita é low-carb, vegana e não contém lactose.

Pesto Brasileiro

Tempo de Preparo: 15 minutos | Rendimento: 10 porções

Ingredientes:

  • ½ maço de salsinha ou coentro (54g)
  • 15 castanhas-do-Brasil (também conhecida como castanha-do-Pará) ou 20 castanhas de caju (50g)
  • 2 dentes de alho (8g)
  • 4 colheres de sopa de azeite (49g)
  • 1 colher de chá de sal

Dica: se você quiser um sabor mais suave de alho, você pode utilizar a versão em conserva, que já ensinei a fazer AQUI.

Créditos: Verônica Laino

Modo de Preparo:

  1. Pegue a salsinha, corte o excesso dos cabinhos, priorizando mais as folhas. Higienize em água clorada por 10 minutos.
  2. No processador, coloque as castanhas e bata por 10 segundos.
  3. Acrescente a salsinha, o alho, o azeite e o sal, bata por 20 segundos, abra o processador e raspe as laterais. Bata por mais 30 segundos.
  4. E é isso, sua receita tá pronta!

Dica: Se você não tiver um processador, faça em um pilão (inclusive, antigamente o pesto era feito apenas no pilão) ou no liquidificador, neste caso, você terá que apertar o pulsar algumas vezes, abrir o liquidificador, raspar as laterais do copo, fechar e repetir este processo até obter uma pasta como a da foto.

Créditos: Verônica Laino

VALIDADE: 5 dias na geladeira ou 30 dias congelado. É normal ele ficar mais durinho e cremoso na geladeira. Para voltar à consistência mais mole, basta deixar alguns minutinhos fora da geladeira.

Informação Nutricional por porção: Valor calórico: 78kcal | Proteína: 1g | Gordura: 8g | Carboidrato: 1g | Fibras: 1g

Sobre o autor

Verônica Laino é formada em Nutrição pela USP (Universidade de São Paulo), pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva Funcional e coach de emagrecimento. Trabalhou em clínica particular por sete anos e hoje dedica seu tempo aos seus coachees e à produção de conteúdo online, mídias sociais e eventos, como forma de alcançar cada vez mais pessoas e ajudá-las a levar uma vida prática, saudável, balanceada e gostosa.

Sobre o blog

Dicas sobre nutrição, com foco na alimentação de verdade (e sem radicalismo), que vão te ajudar a fazer alterações concretas no seu estilo de vida. A ideia é que você alcance o seu verdadeiro potencial e atinja sua melhor versão.