menu

Topo
Verônica Laino

Verônica Laino

Categorias

Histórico

Chia ou linhaça? Veja qual semente da moda é a melhor

Verônica Laino

2029-01-20T19:04:00

29/01/2019 04h00

Crédito: iStock

Já ouviu falar sobre a chia e a linhaça? São sementes bem pequenas e chegaram faz pouco tempo nos hábitos dos brasileiros, mas sempre fica aquela dúvida de qual é melhor? Qual é a mais saudável?

Pensando nas fibras, ambos são ricos em fibras solúveis e insolúveis, que prolongam a sensação de saciedade, contribuem para o bom funcionamento do intestino e retardam o processo de digestão, ou seja, se você comer o carboidrato junto com uma destas sementes, o carboidrato será absorvido de forma lenta assim é liberado de forma mais gradativa na circulação sanguínea, evitando picos de insulina.

Ambas são fontes de fibras e gorduras boas, com isso promovem a sensação de saciedade. Porém quando vamos ver qual tipo de gordura que tem em cada semente, a linhaça tem maior concentração da versão poli-insaturada, com destaque para o ômega-3. Isso é bacana pois tem uma ação anti-inflamatória, o que auxilia no processo de emagrecimento e associado à prevenção de doenças cardiovasculares.

Crédito: iStock

No quesito preço a linhaça ainda ganha em disparado, com isso ela se torna mais acessível. A única coisa que temos que tomar cuidado é que esta gordura está dentro da semente, então temos que triturar bem a semente durante a mastigação pois não temos enzimas para digerir a celulose da casca. Você também pode utilizar na forma de farinha, porém você deve triturar as sementes no liquidificador ou em um mini processador, guardar em um pote escuro e dentro da geladeira por até 5 dias, assim evita que o ômega-3 se oxide.

Outra vantagem da linhaça é para as mulheres que enfrentam os sintomas da menopausa, ao deixar a linhaça de molho por 8 horas em um copo com água, esta água se torna um gel, rico em substâncias chamadas lignanas, que por ser um fitoestrogênio, ajuda a recuperar os níveis hormonais que minimizam os sintomas desconfortáveis desta fase, como os calores e a depressão. Pela manhã, você utiliza as semente e o gel para bater com uma fruta, fazendo um suco.

Crédito: iStock

Por outro lado, a chia uma quantidade maior cálcio, manganês e fósforo, além disso, a chia tem sido mais recomendada para as mulheres em idade fértil e com sintomas no ciclo menstrual. Outra vantagem é a sua durabilidade e digestibilidade, ela não precisa ser triturada como a linhaça, podendo ser consumida inteira.

Os valores se referem a 10 gramas do alimento, o que corresponde a uma colher de sobremesa:

Energia

Chia – 44,3 cal X Linhaça – 45,3 cal

Proteínas

Chia – 1,6 g X Linhaça – 1,4 g

Fibras

Chia – 3,4 g X Linhaça- 3,3 g

Carboidratos

Linhaça – 4,3 g X Chia – 4,4 g

Gorduras monoinsaturadas

Linhaça – 0,7 g X Chia – 0,2 g

Gorduras poli-insaturadas

Linhaça – 2,5 g X Chia – 0,6 g

Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos da Universidade de São Paulo (TBCA-USP)

Sobre o autor

Verônica Laino é formada em Nutrição pela USP (Universidade de São Paulo), pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva Funcional e coach de emagrecimento. Trabalhou em clínica particular por sete anos e hoje dedica seu tempo aos seus coachees e à produção de conteúdo online, mídias sociais e eventos, como forma de alcançar cada vez mais pessoas e ajudá-las a levar uma vida prática, saudável, balanceada e gostosa.

Sobre o blog

Dicas sobre nutrição, com foco na alimentação de verdade (e sem radicalismo), que vão te ajudar a fazer alterações concretas no seu estilo de vida. A ideia é que você alcance o seu verdadeiro potencial e atinja sua melhor versão.