Topo
Verônica Laino

Verônica Laino

Categorias

Histórico

Está lutando para reduzir aqueles quilos extras? Aposte nestes 6 alimentos!

Verônica Laino

2005-03-20T19:04:00

05/03/2019 04h00

Crédito: iStock

Você sabia que o acumulo de gordura localizada principalmente na região abdominal está relacionado a problemas inflamatórios?

Por isso quando estamos em um processo de emagrecimento precisamos apostar em alimentos anti-inflamatórios para que o corpo consiga combater esta inflamação e assim terá uma facilidade maior para eliminar esta gordura e combater o efeito platô, muito comum em dietas de emagrecimento.

Créditos: Verônica Laino

Abacate

Rico em gorduras mono e poli-insaturadas, fitoesteróis, ácido alfa-linolênico e carotenoides.

Além de reduzir a inflamação corporal ele ainda ajuda a glicemia, o colesterol e as dores associadas à artrite. Uma boa forma de consumi-lo é na forma de patê substituindo a maionese dos lanches e dos molhos de saladas, como já ensinei nesta receita de patê de abacate com mostarda para substituir a maionese.

A quantidade ideal para se consumir por dia seria ½ unidade pequena ou se for do abacate grande, consuma ¼ dele.

Créditos: iStock

Ovos

O ovo já foi considerado um vilão, mas hoje sabemos que ele é um alimento perfeito, rico em antioxidantes, como as vitaminas A, D, E e K, selênio, magnésio, zinco, ferro, cálcio e manganês.

Para quem normalmente retira a gema, para com isso hoje! Neste post eu te dou 5 motivos para comer a gema do ovo.

Uma opção legal é incluir ele no jantar, pois é prático e rápido, como este omelete de sardinha.

Uma quantidade legal para se consumir na refeição seriam de dois a quatro ovos, mas lembre-se, nunca frito, sempre cozido ou mexido.

Crédito: iStock

Ervas e temperos naturais

Que tal temperar a sua comida e ainda fazer bem para o corpo? Os temperos naturais são ricos em fitonutrientes que são excelente anti-inflamatórios.

Tente incluir na sua comida algumas opções como: canela, açafrão, orégano, alecrim e lavanda.

Coloque em todas as refeições e não precisa de muito, uma colher de café já fornece bons resultados.

Créditos: iStock

Alho e cebola

Não só eles, mas todos da mesma família como alho-poró, aspargo, brócolis e alcachofra, a grande função deles é alimentar as bactérias boas que vivem no nosso intestino, o que por sua vez estimulam o sistema imunológico e diminuem a inflamação.

Um grande detalhe é que ao consumir estes alimentos na versão crua, o benefício é ainda melhor, já que quanto mais cozinhamos, mais perdemos seus benefícios. Então se você gosta de cebola crua na salada, use e abuse!

Crédito: iStock

Frutas cítricas

Que tal substituir o seu lanche da tarde por uma fruta? Ao escolher, dê preferência as frutas cítricas como abacaxi, acerola, ameixa, amora, caju, cidra, cupuaçu, framboesa, groselha, jabuticaba, laranja, lima, limão, marmelo, morango, nêspera, pêssego, romã, tamarindo, tangerina e uva.

São ricas em vitaminas C, possuem alto teor de água, hidratam nosso organismo e combatem à inflamação, mas fiquem atentos que a vitamina C se perde rapidamente, então picou a fruta, consuma logo em seguida.

Crédito: iStock

Chocolate

Calma lá que não é qualquer tipo de chocolate. O poder anti-inflamatório vem do cacau, por isso é importante que seu chocolate tenha pelo menos 70% de cacau.

Na hora da compra tome cuidado e sempre leia os ingredientes, na dúvida confira neste post  como escolher o melhor chocolate.  Uma boa quantidade é consumir 30 g de chocolate amargo por dia.

 

Sobre o autor

Verônica Laino é formada em Nutrição pela USP (Universidade de São Paulo), pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva Funcional e coach de emagrecimento. Trabalhou em clínica particular por sete anos e hoje dedica seu tempo aos seus coachees e à produção de conteúdo online, mídias sociais e eventos, como forma de alcançar cada vez mais pessoas e ajudá-las a levar uma vida prática, saudável, balanceada e gostosa.

Sobre o blog

Dicas sobre nutrição, com foco na alimentação de verdade (e sem radicalismo), que vão te ajudar a fazer alterações concretas no seu estilo de vida. A ideia é que você alcance o seu verdadeiro potencial e atinja sua melhor versão.