PUBLICIDADE

Topo

Verônica Laino

Cúrcuma: veja como consumi-la e aproveitar seus benefícios

Verônica Laino

28/04/2020 04h00

Crédito: iStock

Você já ouviu falar da cúrcuma? Tem costume de utilizar no seu dia a dia?

A cúrcuma é uma raiz da família do gengibre e até se parece com ele, porém com um tamanho bem menor. Também conhecida como açafrão-da-terra, é muito utilizada como condimento, está presente no curry indiano e na mostarda ocidental. Tem uma cor bem forte, quase laranja, e o seu principal ativo é a curcumina que tem propriedades anti-inflamatórias e por isso ganhou muita popularidade como um alimento funcional nos últimos tempos.

Temos sempre que tomar cuidado ao comprar para saber quais benefícios teremos. Existem dois tipos de cúrcuma no mercado, a primeira que é a mais barata é aquela que usamos para dar cor aos alimentos e ela é extremamente rica em fibras. Indicamos o uso dela para pessoas que sofrem com prisão de ventre, que tem diabetes, que estão com o colesterol alterado ou até mesmo que buscam o emagrecimento. As fibras presentes na cúrcuma são capazes de:

  • Aumentar o bolo fecal, facilitando as idas ao banheiro;
  • Reduzir a velocidade da absorção dos carboidratos da refeição controlando melhor a glicemia;
  • Reduzir a absorção das gorduras presentes na dieta;
  • Aumentam a sensação de saciedade, fazendo com que a pessoa consiga comer um volume menor de comida ao longo do dia.

Para obter estes benefícios é necessário consumir uma colher de chá cheia da cúrcuma três vezes pode dia. Ela pode ser acrescentada à vitamina, ao caldo do feijão ou à sopa, por exemplo.

Crédito: Verônica Laino

Uma receita que fica incrível é a sopa de abóbora com cúrcuma, para fazer é bem simples, em uma panela de pressão refogue uma cebola e um dente de alho no azeite, depois acrescente 500 g de abóbora picada, um litro de água, uma pitada de sal e cozinhe na pressão por 10 minutos. Depois que sair a pressão, abra a panela, bata todo o conteúdo com um mixer e acrescente 1 colher de sopa de açafrão. Na hora de servir, você ainda pode dar um toque especial e adicionar iogurte natural e pimenta do reino a gosto.

O segundo tipo de cúrcuma que encontramos é vendido em lojas de produtos naturais e casas de suplemento, neste caso tem um valor mais elevado e você encontra a cúrcuma padronizada em 95% de curcuminóides que são extremamente anti-inflamatórios.

Créditos: Leo Avesani

Para você entender a diferença, principalmente por conta do valor, quando pegamos a raiz de cúrcuma ela possui apenas 3% de curcuminóides, ou seja, é preciso muita cúrcuma para extrair somente a curcumina (princípio ativo) e então vendê-la como suplemento e é por isso que este pó concentrado você precisa utilizar uma quantidade bem menor, o indicado seria até uma colher de café rasa por dia, que dá em torno de 1 g, podendo dividir a dose em 3 etapas (manhã, tarde e noite).

Para potencializar a ação destas curcuminas é importante associá-las a uma fonte de gordura e as piperinas encontradas na pimenta do reino. Você pode fazer um shot pela manhã com limão, óleo de coco, canela, cúrcuma e uma pitada de pimenta do reino, assim ela será extremamente eficiente e facilmente absorvida, mas você também pode utilizar no final do preparo de uma refeição como um ovo mexido, por exemplo.

Esta cúrcuma padronizada a 95% é indicada para pessoas que tem alguma doença inflamatória, principalmente para quem tem dor crônica, como as dores articulares como artrite, por exemplo.

Outro ponto interessante é que ela melhora o aumento da expressão de enzimas antioxidantes reduzindo o envelhecimento precoce não só estético, mas também de todas as nossas células corporais.

Atletas amadores também podem se beneficiar dela, ao ser utilizada depois do treino longo principalmente de corrida ou daquele pedal, a cúrcuma padronizada reduz a fadiga recuperando o músculo de forma mais rápida, assim a pessoa consegue estar bem recuperada no dia seguinte para se exercitar novamente, sem aquelas dores tardias do treino.

Você sempre pode utilizar os dois tipos de cúrcuma no mesmo dia, assim terá todos os benefícios possíveis.

Sobre o autor

Verônica Laino é formada em Nutrição pela USP (Universidade de São Paulo), pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva Funcional e coach de emagrecimento. Trabalhou em clínica particular por sete anos e hoje dedica seu tempo aos seus coachees e à produção de conteúdo online, mídias sociais e eventos, como forma de alcançar cada vez mais pessoas e ajudá-las a levar uma vida prática, saudável, balanceada e gostosa.

Sobre o blog

Dicas sobre nutrição, com foco na alimentação de verdade (e sem radicalismo), que vão te ajudar a fazer alterações concretas no seu estilo de vida. A ideia é que você alcance o seu verdadeiro potencial e atinja sua melhor versão.