PUBLICIDADE

Topo

10 acessórios de cozinha que facilitam o preparo dos alimentos

Verônica Laino

15/09/2020 04h00

Com a chegada da pandemia muitas pessoas tiveram que se aventurar na cozinha para preparar a comida, mas sabemos que nem sempre dá tempo, afinal a quantidade de tarefas diárias parece ter triplicado com o home office.

Pensando nisso, hoje vou te apresentar 10 acessórios que vão facilitar a sua vida na cozinha e dar aquela forcinha para sua dieta, afinal sabemos que comida feita em casa é muito melhor para o bolso e para sua saúde. Todos eles eu tenho em casa e uso toda semana, não vivo sem!

1. Panela elétrica

Crédito: iStock

Já foi o tempo que a panela elétrica só cozinhava arroz, agora temos as novas versões multifuncionais, que também ajuda no preparo de feijão, carnes, legumes em menos tempo que a panela comum, já que ela mantém a temperatura estável durante o preparo.

A higienização é tão fácil como lavar uma panela, já que a parte interna é removível e normalmente costuma ser antiaderente. No manual você sempre tem várias sugestões de tempo de preparo, então a ideia é refogar o tempero ou a carne, acrescentar os demais ingredientes, ligar a panela e colocar um timer, pronto! Pode fazer outras atividades enquanto sua comida cozinha.

As mais versáteis são as tipo caçarola, pois você consegue fazer vegetais cozidos no vapor, sopas, estrogonofe, carne de panela, bobó de camarão, arroz, feijão e até sobremesas como pudim e canjica.

2. Seca salada

Crédito: iStock

Para quem busca uma alimentação saudável o consumo de verduras é obrigatório. Para mantê-las sempre fresquinhas e crocantes dentro da geladeira, as folhas tem que estar super sequinhas. Aqui entra o seca salada, um especie de pote que tem dentro uma cestinha e funciona como um centrífuga. Você coloca as folhas já higienizadas dentro da cestinha, tampa o pote e gira a manivela, isso vai fazer com que todo o excesso de água sai da folha. Agora com elas sequinhas, basta colocar em um pote forrado com papel toalha e tampar. Elas vão durar tranquilamente 7 dias na geladeira.

3. Porta-tempero

Crédito: iStock

Comida sem graça é comida sem tempero. Claro que os temperos frescos são super saborosos e transformam qualquer comida, aliais se você gosta de cultivar plantas, vale a pena ter uma horta em casa. Agora se você preza pela praticidade, pode optar pelos temperos desidratados. Você encontra eles à venda no supermercado em sachês plásticos, e a dica aqui é transferi-los para um porta tempero e deixar próximo do fogão, assim pode sempre adicionar temperos diferentes e variados na sua comida e desta forma variar o sabor, mesmo que seja de um simples frango grelhado.

4. Miniprocessador

Crédito: iStock

Aqui vale a versão manual ou elétrica. O mini processador vai poupar bastante tempo na cozinha para picar os alimentos, principalmente para fazer aquele tempero caseiro. Nele você pode colocar a cebola descascada, os dentes de alho inteiro, o maço de cheiro verde e triturar com azeite, pronto! Um tempero completo, natural e sem dar trabalho. Você também pode picar os ingredientes para fazer vinagrete e incrementar sua salada. Alguns modelos conseguem até moer carne para fazer um hambúrguer caseiro.

5. Vaporeira

Crédito: iStock

Hoje em dia encontramos no mercado diversos modelos de vaporeiras (também conhecidos como cestos), ela é muito utilizada para cozinhar os legumes no vapor sem perder os nutrientes, é pratica e seus legumes demoram entre 5 a 15 minutos para cozinhar. Os melhores modelos são feitos de aço inox, que não enferruja e também não contamina o alimento. Normalmente eles encaixam em qualquer tipo de panela. Agora uma sugestão é comprar uma cuscuzeira, que é fácil de achar e nada mais é do que uma panela com uma vaporeira por cima.

6. Xícaras e colheres medidoras

Crédito: iStock

Já foi tentar fazer uma receita, seguiu os ingredientes à risca e o resultado foi completamente diferente da foto ou do vídeo? Provavelmente você utilizou uma medida diferente da indicada na receita. Quando na receita está escrito 1 xícara, não é qualquer xícara, mas sim a medidora padrão. A mesma coisa vale para as colheres, afinal cada tipo de jogo de talher tem um tamanho de colher, já a colher medidora sempre segue o mesmo padrão de tamanho. Estes utensílios substituem a balança, conseguindo então padronizar as medidas caseiras e com isso a chance da receita dar certo é bem maior.

7. Descascador de legumes

Crédito: iStock

Sim! Eu sei que dá para descascar legumes usando uma faca, porém o descascador ele desperdiça menos e são bem mais rápidos, ou seja, você vai gastar menos tempo para descascar e vai jogar menos lixo. Além disso, você pode utilizar o descascador para cortar seus legumes de uma forma diferente, como fazer tiras de cenoura para um talharim de cenoura, ou fazer tiras de abobrinha e montar uma lasanha verde, e até fazer lascas de coco para torrar no forno e criar chips de coco para comer de lanche.

8 – Amolador de faca

Crédito: iStock

Não tem nada pior do que cozinhar com facas cegas. Quando a faca perde o corte você vai precisar fazer muita força para conseguir cortar o alimento, sem contar que muitos vão ficar com o aspecto de esmagado e não cortado. Hoje tem diversos tipos de amoladores, desde os mais simples para quem não tem habilidade (basta você passar a faca pela fresta do amolador) ou como os mais clássicos como a pedra amoladora, esta daqui você precisa saber usar, pois a faca deve estar no ângulo correto para conseguir amolar.

9. Balança de cozinha

Crédito: iStock

Para quem está seguindo um cardápio é muito importante pesar a comida para ingerir a quantidade correta que a nutricionista pediu, principalmente pois quando estamos com fome, tendemos a encher mais a colher não é mesmo? Com a balança você consegue sempre  montar a porção correta dos pratos e colher melhores resultados.

10. Mandolim

Crédito: iStock

É um cortador de alimentos que facilita muito o preparo dos alimentos. Ele serve para cortar batata, abobrinha, cenoura, fruta, tudo em fatias finas e uniformes. Existem modelos que você pode trocar as lâminas e transformar ele em um ralador para fazer até espaguete de abobrinha. A única coisa que temos que tomar cuidado é que a lâmina é super afiada, então tem que ser manuseado com cuidado para não machucar os dedos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Verônica Laino é formada em Nutrição pela USP (Universidade de São Paulo), pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva Funcional e coach de emagrecimento. Trabalhou em clínica particular por sete anos e hoje dedica seu tempo aos seus coachees e à produção de conteúdo online, mídias sociais e eventos, como forma de alcançar cada vez mais pessoas e ajudá-las a levar uma vida prática, saudável, balanceada e gostosa.

Sobre o blog

Dicas sobre nutrição, com foco na alimentação de verdade (e sem radicalismo), que vão te ajudar a fazer alterações concretas no seu estilo de vida. A ideia é que você alcance o seu verdadeiro potencial e atinja sua melhor versão.